PORQUE SE PROTEGER CONTRA A RADIAÇÃO ULTRA VIOLETA?

Entenda os benefícios para quem toma os cuidados básicos

O sol é o principal responsável pelo envelhecimento cutâneo. Sua ação cumulativa sobre a pele provoca o surgimento dos sinais da pele envelhecida. O envelhecimento extrínseco se dá em decorrência da exposição da pele às radiações solares durante toda a vida, por isso é também chamado de fotoenvelhecimento. A pele envelhecida apresenta variações no relevo e na pigmentação, rugas finas e profundas, aspecto ressecado e descamações.
Os dermatologistas estimam que 90% dos sinais de envelhecimento são devidos ao sol. 90% das suas rugas, 90% das suas manchas, 90% da flacidez da sua pele!
Os raios UVA possuem intensidade constante o ano todo, por isso a proteção é indicada não apenas para o verão. Por penetrarem profundamente na pele, são considerados os grandes vilões do fotoenvelhecimento. Os danos causados pelos raios UVA também incluem maior predisposição da pele ao surgimento de câncer e de fotoalergias.

Os raios UVB apresentam maior intensidade durante o verão e são os responsáveis pela pigmentação da pele e queimaduras solares. São raios de alta energia e os que contribuem em maior parte para o surgimento do câncer de pele.
De acordo com pesquisas recentes, embora a exposição à radiação UVB esteja ligada a uma maior taxa de fotocarcinogênese, os raios UVA também têm promovido mudanças substanciais no DNA, levando à formação de câncer de pele.